Home >> Destaque >> Alunos ficam ilhados em escola após ataque de atropelador em Nova York
Foto: REUTERS / Brendan McDermid

Alunos ficam ilhados em escola após ataque de atropelador em Nova York

Estudantes de uma escola em Nova York ficaram ilhados à espera de seus pais após o ataque de um atropelador que matou ao menos oito pessoas nesta terça-feira (31).

Entre as crianças estão as sobrinhas de 9 e 12 da atriz brasileira Heloisa Cintra, que estudam na escola Stuyesant, ao lado do local do incidente. As garotas estão abrigadas com os pais na instituição.

No ataque, que já é investigado como terrorista pelas autoridades locais, seis pessoas morreram no local e outras duas chegaram a ser socorridas, mas também morreram. O veículo invadiu uma área destinada a ciclistas e pedestres e atropelou diversas pessoas. O incidente ocorreu na região sul de Manhattan, conhecida por abrigar a prefeitura, o distrito financeiro e o World Trade Center.

Heloisa recebeu uma mensagem de seu irmão Paulo, pai das garotas, avisando do ocorrido. Mais cedo, ele havia recebido uma mensagem da filha mais velha dizendo: “Estou na escola, tem alguma coisa perigosa lá fora. Pediram para ficar na escola. Está tudo bem? Te amo”.

Paulo e a mulher foram ao local, já cercada pela polícia e só tiveram acesso à escola após se identificarem como pais de estudantes.

Na esquina da escola, os pais das meninas encontraram uma caminhonete com a frente batida, veículo que foi usado no atentado. Em frente à entrada da escola, havia ainda um ônibus escolar com sua lataria amassada na lateral e traseira.

 

 

Com informações da Folhapress.

Sobre Notícias ao Minuto

Notícias ao Minuto

Veja Também

Dois homens são encontrados mortos em São Gonçalo

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) investigam a morte ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.