Home >> Destaque >> Rouge retorna após 15 anos e diz que feminismo fortalece a banda

Rouge retorna após 15 anos e diz que feminismo fortalece a banda

Uma noite de amor para celebrar a diversidade”. Essa foi uma das frases que marcaram o show do grupo Rouge em São Paulo, neste sábado (25). Com algum atraso, as cantoras subiram ao palco por volta das 2h e se desculparam pelo “chá de cadeira.

O show marca o encontro de Aline Wirley, Karin Hils, Fantine Thó, Patrícia Martins e Luciana Andrade depois de 15 anos. Criado a partir do reality “Popstar”, em 2002, as cantoras afirmam que não pretendem se restringir à nostalgia. “Vem música nova, clipe novo, show novo. A gente pretende produzir muito juntas ainda”, disse Luciana.

Questionadas sobre o retorno do grupo, elas explicam que a ideia foi do produtor Pablo Falcão, responsável pela festa “Chá da Alice”, que promove apresentações nostálgicas, como o ‘Chá da Xuxa” e, agora, o “Chá da Rouge”.

Entre pausas para água e inúmeras brincadeiras internas, o grupo cantou hits dos anos 2000, como “Ragatanga” e “Um Anjo Veio me Falar”. “Coreógrafo, não nos mate”, brincaram entre uma pausa e outra para retomar o fôlego. “A Rouge já tem quarenta.”

A idade, a maternidade para algumas e o tempo longe dos palcos, no entanto, não desanimou em nada o quinteto. “O coração ainda estremece”, comentou Aline. Empenhadas, as cantoras não economizaram no vocal potente nem na sensualidade das coreografias.

A plateia era, em sua maioria, de jovens: no surgimento da banda, há 15 anos, muitos eram ainda, pré-adolescentes. “É muito emocionante e impactante esse reencontro com os nossos fãs”,

 

 

comentou Aline Whirley.

Embora mais velhos, Fantini acredita que os fãs não mudaram. “O carinho é o mesmo e a carinha é a mesma. Eles cresceram mas é o mesmo olhar de criança”. Luciana acredita que seja até maior, “ganhou a força da nostalgia”.

O novo cenário musical vem inspirando as cantoras. A presença de mais mulheres na música e o movimento de empoderamento feminino crescente foram alguns motivos para retomarem a carreira. “Não foi uma coisa pensada ou planejada, mas aconteceu naturalmente. Esse momento das mulheres empoderadas com certeza fortalece o Rouge”, explicou Patrícia. Com informações da Folhapress.

Sobre Notícias ao Minuto

Notícias ao Minuto

Veja Também

Anitta no mesmo palco de Bruno Mars e Demi Lovato no Rock in Rio Lisboa

Anitta estará no Rock In Rio LIsboa 2018. A cantora é uma das que completam a ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.